povo

Por dentro e por fora

Angola acolhe hoje de braços abertos dignitários de todo mundo livre e democrático, que saúda inequivocamente em apoteose João Lourenço, na sua investidura para mais um mandato de Presidente da República. Em sintonia de identidade, dignidade, crença

Consagração

Notável transparência, exemplo de civismo, um hino de liberdade, é a proclamação da ONU - Organização das Nações Unidas, que dignifica a cidadania, e têm em João Lourenço uma liderança que garante o Estado de Direito

Os novos ditadores

As eleições decorreram em paz, as instituições funcionaram, CNE, Tribunal Constitucional cumpriram os seus deveres com tranquilidade. No final, o MPLA ganhou. Foi uma vitória suada, difícil devido às circunstâncias, mas uma vitória. A UNITA e

As verdades que magoam

Na festa dos derrotados os foguetes silenciaram-se e o champanhe envinagrou, o mundo civilizado rejubila, a democracia aplaude, os homens livres regozijam-se, Angola mostrou um amadurecimento cívico, dignificou as Instituições, conferiu honorabilidade à cidadania. A UNITA/FPU