Abel Chivukuvuku

Fora de jogo

Perante factos indesmentíveis, indesculpáveis e indesejados nas últimas horas, impõe-se à tutela Ordem, Justiça, determinação, mas também ponderação para que o desafio, afrontamento e rebeldia de um punhado de mercenários, dissociados da realidade, não provoquem danos

Sinfonia indisfarçável

Nem na intervenção externa são honestos, deturpam declarações à conveniência, e cada vez mais desesperados e encurralados pelo sonho desfeito, agitam perigosamente a normal tranquilidade com constantes estratégias, que mais não são do que ensaios

Contactos imediatos

A pressão externa foi imediata, os abutres famintos em bando obedeceram, em poucas horas Mihaela Webba foi acusada, julgada e condenada ao silêncio, assumiu a derrota da UNITA/FPU pública e planetariamente, e a seita liderada

O culto do Moco

A indecência intelectual manifesta-se por simpatia, ultrapassa fronteiras, vira comédia, é um desfile carnavalesco da promiscuidade, é o auge da esquizofrenia digna de uma loucura brava. Na UNITA/FPU já nada se esconde, perdeu-se de vez a

Quimbandas e mascarados

Metem dó, gente reles, pigmeus na inteligência, anões intelectuais, são a manada desprezível que se alberga à sombra da UNITA/FPU, e oculta a sua esquizofrenia no fanatismo em ACJ/Chivukuvuku. Causou espanto, incredulidade e até repugnância (quod

Silêncio e sombras

Não há Matildes puritanas nem políticos inocentes, a mentira e propaganda têm limites e fronteiras quando o tacticismo colide com a Ordem Pública estabelecida. A UNITA/FPU está prisioneira de uma fragmentação visível, que a empurra aceleradamente para