A artista plástica angolana Márcia Dias conquistou a medalha de prata no concurso Artcom expo internacional, que decorreu, na passada semana no Dubai.

Márcia Dias apresentou a obra “Peace Ucrânia”, na categoria Surrealista. A pintura a óleo de 60×70 centímetros transmite uma mensagem de apelo a paz.

Com a participação de artistas de diversos países, o primeiro lugar, com medalha de ouro, foi atribuído ao concorrente da casa, enquanto o bronze ficou com para o representante do Grão-Ducado do Luxemburgo.

Em declarações à imprensa, a artista plástica manifestou-se feliz pelo reconhecimento do trabalho além-fronteiras e agradeceu o apoio de Angola e da Fundação Óscar Ribas, que lhe permitiu participar em mais uma actividade cultural.

A sua paixão pela pintura vem de há duas décadas, fruto da sua estadia por terras nórdicas, designadamente na Suécia. Foi nesta península escandinava que cresceu, estudou e despertou para a arte. Radicada em Portugal, Márcia Dias tem dado um considerável contributo à promoção da cultura angolana no país luso, quer como artista plástica, quer como directora cultural da associação Casa de Angola promovendo inúmeras acções culturais nas instalações daquela casa angolana.  Além disso, tem ao longo dos anos, apresentado trabalhos em várias cidades europeias, como Barcelona e Paris, no Museu do Louvre.

Recordamos que em 2019, foi a vencedora do concurso Art Index Dubai, tendo recebido a medalha de ouro com a obra Mumuila (dimensão 80×80), óleo sobre tela.

Este concurso é realizado com periodicidade bianual e tem como finalidade classificar os melhores artistas plásticos a nível mundial.