Minha Rosa Negra,
De sorriso branco de marfim,
Louco e contagiante,
Olhos brilhantes como relâmpagos,
Perfumada de capim,
E água pura fresca lavada,
Hoje és um açoite de saudade,
Cicatriz de um tempo que passou,
Insustentável leveza de água na boca,
De sabor inesquecível,
Princesa do Huambo,
Rainha do Planalto,
Imperatriz da minha Angola,
Nascente de descobertas,
Desafio do pecado,
Pôr do sol de tantos desejos,
Alvorecer de tantas aventuras,
Berço de tantas paixões,
Mamilos rijos e tenros,
Na memória do que de mim sobrou,
Minha Rosa Negra,
Sublime sentir,
Eterno pulsar,
Teimosia longínqua,
Que não quer parar.

Kuma Gomes – Setembro 2022