Todos os anos é eleito um super fruto, este ano é a múcua. Um fruto exótico, e imensamente rico em nutrientes e antioxidantes.

A múcua é o fruto do Imbondeiro e pode ter até 25 centímetros de comprimento, tem no seu interior um miolo seco e comestível, desfaz-se facilmente na boca e o seu sabor é agridoce. Este fruto é rico em vitaminas e minerais.

Tem duas vezes mais cálcio que o leite e é rico em antioxidantes, ferro e potássio, e tem 6 vezes mais vitamina C do que uma laranja. As folhas podem ser comidas e as sementes produzem óleo comestível.

Ao dissolver-se a múcua em água a ferver, obtém-se o sumo de múcua que, depois de arrefecido, é tomado como uma bebida fresca com um sabor muito apreciado em Angola.

O fruto tem uma casca dura como um coco e é um alimento inteiro, que é naturalmente seco na árvore, resultando num pó pronto para consumo contendo tipicamente 8-12% de água.

Dentro da casca dura estão as sementes, que são revestidas com um pó esbranquiçado, que é a polpa da fruta. Os glóbulos são rodeados por fibras vermelhas, que são muito ricas em certos nutrientes. A primeira polpa de cor marfim contém grandes quantidades de vitamina C e quantidades significativas de cálcio, bem como outras vitaminas e minerais. Além disso, a Múcua é carregada com fibra dietética natural, tanto solúvel quanto insolúvel.

Em Angola, a múcua é uma fonte alimentar popular. A polpa da fruta é comumente sugada ou mastigada no seu estado fresco ou usada para adicionar a molhos após o cozimento, ou como suplemento para misturar com alimentos básicos como fubá e mandioca.

Quando moída em pó, é facilmente dissolúvel em água e comumente transformada em bebida quando misturada com água ou leite, com ou sem açúcar. A polpa tem sabor ácido, quase cítrico, o que a torna uma base boa e refrescante para smoothies ou outras bebidas geladas.

Outros usos para a múcua incluem o uso como shampoo do cabelo, agente de coagulação do leite e substituto do creme de tártaro, entre outras coisas. Quando queimado, é um bom repelente para moscas do gado.