Mês: Junho 2022

Pouca vergonha

Ninguém esperava, é surpreendente a peixeirada, o digladiar familiar, em torno dos últimos dias de vida de José Eduardo dos Santos. Não há decoro, o mínimo respeito pelo único ativo digno do paciente que é

O alvo

Intensifica-se a agressividade boçal e gratuita contra os Órgãos de Soberania, mas sobretudo, atingindo João Manuel Gonçalves Lourenço, Presidente da República. O contágio da epidemia ACJ/Chivukuvuku/UNITA/FPU, entranha-se nas mentes promíscuas da vagabundagem e parasitagem, que campeia

Confirmação

Se dúvidas houvesse de que Angola tem um rumo definido e é ouvida na cena internacional, ninguém melhor que o timoneiro para demonstrar enquanto estadista, tudo quanto conseguiu nos últimos 5 anos. Angola fez-se ouvir