Se você está cansado e triste de só ver ou escutar desgraças, ou simplesmente está farto da rotina, seja em Angola, ou noutro qualquer canto do mundo, certamente anseia por um lugar no paraíso. Com certeza que o paraíso está no céu, e esse lugar é lindo, majestoso e nunca está em crise.

Acredite ou não nesse cenário, esteja ou não cansado da sua vida quotidiana, uma coisa lhe asseguramos. Em Angola o paraíso existe e ele está bem entre nós. Falamos naturalmente do Mussulo, um pedaço de terra, localizado a sul de Luanda, com cerca de 30 km de comprimento, tendo no máximo 3 km de largura, e nas partes mais estreitas do sul da península, tem menos de 100 metros. O Mussulo está ligado a terra na Ponta das Palmeirinhas, por isso, na realidade é uma península e é o ponto mais ocidental da província de Luanda.

Sem embargo ser uma península, ela é conhecida pela ilha do Mussulo; se você pretende fugir da agitação da capital, o repouso, as belezas das paisagens e o divertimento ficam apenas a um passo. O local pode ser alcançado de barco, ou então de carro durante a maré baixa. Os barcos são um vai e vem o dia todo, o que é bastante conveniente para qualquer viajante.

A ilha tem algumas das mais belas praias com muitos restaurantes, bares e actividades. Você pode até alugar jetskis ou quadriciclos (moto quatro). É considerado um local fantástico para a prática de kitesurf e estes motivos causaram um recente aumento de popularidade no local, tanto para os moradores quanto para turistas.

O Mussulo é robusto em resorts turísticos, para quase todas as bolsas. Existem alguns hóteis e o número tem vindo a crescer para acomodar um número crescente de visitantes. A melhor partida para chegar à ilha é do embarcadouro do Kapossoca, mas também pode sair do embarcadouro do museu da escravatura. Ambos possuem parques de estacionamento espaçosos.

A praia é muito bonita, com uma temperatura da água a convidar muitos mergulhos; já a comida dos restaurantes que a suportam, convidam o visitante a passar momentos bem agradáveis, seja com o seu par romântico ou em família.

Na illha destacam-se os resorts da roça das magueiras e o bar Ssulo. Por último, é obrigatório uma visita à contra-costa, praias de mar aberto e habitualmente desertas. Só não encontra o paraíso em Angola se não quiser.